Monobloco

É sem sombra de dúvidas um dos mais famosos blocos de Carnaval do Rio de Janeiro. O Monobloco, desde que foi fundado no ano 2000, que tem crescido e se estabelecido no Carnaval da cidade brasileira, especialmente pelo facto de utilizar os instrumentos de escola de samba para tocar todos os outros ritmos, como o funk, o xote ou a marchinha, por exemplo. Esta mistura faz com que o seu som chegue a todas as tribos e agrade a um público mais alargado, captando ouvintes e fãs de todos os quadrantes.

No entanto, quando Pedro Luís e A Parede, banda conhecida pela fusão do rock com o samba, o rap e o funk, fundaram o Monobloco, a intenção era apenas ser uma oficina com o objectivo de ensinar percussão. Mas ao fim de um ano de existência, após um desfile no Rio de Janeiro, o Monobloco era oficializado como bloco de Carnaval.

A sua oficina de batucada começa assim no mês de abril e estende-se até ao final do Carnaval. O objectivo é que as pessoas, independentemente de terem iniciação musical ou qualquer conhecimento no domínio de um instrumento, aprendam a tocar percussão. Assim, quando a oficina chega ao fim, uma bateria de cerca de 120 alunos e professores apresenta-se, primeiro, nas quatro sextas-feira que antecedem o carnaval, na Fundição Progresso, e depois no carnaval.

As quatro festas na Fundição Progresso, o centro cultural do bairro da Lapa no Rio de Janeiro, servem assim como um ensaio para o desfile final no Carnaval. A sua fama precede a do Monobloco, atraindo cerca de quatro mil pessoas por noite. Por sua vez, quando o Monobloco sai para o Carnaval com a bateria completa, o público chega a reunir cerca de 40 mil pessoas. Isso fez com que o desfile passasse para a praia de Copacabana, depois de, inicialmente, ter começado por se realizar na praia do Leblon e na do Ipanema. Actualmente, a pedido da prefeitura do Rio de Janeiro, o Monobloco foi transferido para o centro da cidade, onde no último ano atraiu o número recorde de meio milhão de pessoas.

Entretanto, o Monobloco também passou a apresentar shows ao longo do ano civil, mas com uma bateria mais reduzida. Estes shows contam apenas com cerca de duas dezenas de músicos, todos eles profissionais, que apresentam temas com arranjos mais elaborados.

Todo este sucesso do Monobloco já transbordou para fora das fronteiras do Brasil e este iniciou nos últimos anos um vasto programa de internacionalização. Este tem incluído workshops e oficinas de batucada em vários países dos quatro canto do globo, como é o caso da Dinamarca, da Austrália ou do Japão. O mais famoso é, contudo, o que acontece no Reino Unido anualmente.

Além disso, o Monobloco possui ainda uma banda, que responde pelo nome de Monobloco Show, que também se tem apresentado um pouco por todo o mundo, especialmente em festivais dedicados à chamada world music, como é o caso do Jambalaya Festival, na Nova Zelândia. Esta é formada pelos músicos Celso Alvim, Mário Mousa, Sidon Silva, C.A. Ferrari e Pedro Luís, da banda Pedro Luís e A Parede, fundador do bloco.

Para quem é fã do Monobloco ou pretende conhecer mais de um dos blocos de Carnaval mais famosos da cidade do Rio de Janeiro, pode ainda adquirir o CD homónimo do grupo, que foi lançado em 2002, ou o segundo registo, intitulado “Monobloco ao vivo”, editado quatro anos depois. Um ano depois foi também editado um DVD ao vivo, que conta com vários convidados especiais, como é o caso da cantora Elba Ramalho.

Redes sociais

Website
Facebook
Instagram
Google+
Twitter
Google Play
Spotify
Deezer
Pinterest

Próximos desfiles e eventos

Fale com o Bloco

Nós fazemos o possível para que sua mensagem chegue até os responsáveis pelos blocos. Muitos deles não respondem aos e-mail e até nas redes sociais.

Contact Bloco

Achou alguma informação errada, faltante, etc? Avise-nos! :-)

Acerto em bloco e evento (widget)

Receba as novidades do site em seu email. Cadastre-se aqui! ;-)

Newsletter
blocos-rua-site-topo

Blocosderua.com.br poderia ser apenas mais um site de blocos, mas nós queremos ser os melhores. Queremos ser uma fonte de informações de Blocos de Rua que você pode confiar. Poucos anúncios, informação útil e agenda VALIDADA em orgãos oficiais!

Compartilhe com um amigo